09/02/2018 - 19:23 - (Wilma Araújo/Governo do Tocantins)

Detran Tocantins promove campanha Volta às Aulas na Capital

Campanha Volta às Aulas Campanha Volta às Aulas - Felix Carneiro/Governo do Tocantins
Campanha Volta às Aulas Campanha Volta às Aulas - Felix Carneiro/Governo do Tocantins
Campanha Volta às Aulas Campanha Volta às Aulas - Felix Carneiro/Governo do Tocantins
Teatro de Fantoches Teatro de Fantoches - Felix Carneiro/Governo do Tocantins
Campanha Volta às Aulas Campanha Volta às Aulas - Felix Carneiro/Governo do Tocantins
Boneco Doninho com as crianças Boneco Doninho com as crianças - Felix Carneiro/Governo do Tocantins
Campanha Volta às Aulas Campanha Volta às Aulas - Felix Carneiro/Governo do Tocantins
Campanha Volta às Aulas Campanha Volta às Aulas - Felix Carneiro/Governo do Tocantins
Campanha Volta às Aulas Campanha Volta às Aulas - Felix Carneiro/Governo do Tocantins
O cinto de segurança salva vidas. Não caia em uma cilada. O cinto de segurança salva vidas. Não caia em uma cilada. - Felix Carneiro/Governo do Tocantins
Campanha Volta às Aulas Campanha Volta às Aulas - Felix Carneiro/Governo do Tocantins
Campanha Volta às Aulas Campanha Volta às Aulas - Felix Carneiro/Governo do Tocantins
Campanha Volta às Aulas Campanha Volta às Aulas - Felix Carneiro/Governo do Tocantins
Campanha Volta às Aulas Campanha Volta às Aulas - Felix Carneiro/Governo do Tocantins
Campanha Volta às Aulas Campanha Volta às Aulas - Felix Carneiro/Governo do Tocantins
Boneco Doninho Boneco Doninho - Felix Carneiro/Governo do Tocantins
Campanha Volta às Aulas Campanha Volta às Aulas - Felix Carneiro/Governo do Tocantins

O ano letivo já começou. Pensando nisso, o Departamento Estadual de Trânsito do Tocantins (Detran/TO), através da Gerência de Educação para o Trânsito, planejou a Campanha “Volta às Aulas”. A ação teve início nesta sexta-feira, 9, com palestras, apresentação do teatro de fantoches e do boneco Doninho.

O evento aconteceu na Escola de Tempo Integral Padre Josimo Tavares, na Quadra 301 Norte, em Palmas. Cerca de 700 crianças e adolescentes participaram das apresentações.

A iniciativa tem como objetivo levar aos alunos das unidades escolares do Estado e do município, noções de segurança no trânsito, sobretudo como esses alunos devem se comportar no trânsito, na ida e volta pra casa.

Segundo a gerente de Educação para o Trânsito do Detran, Hádylla da Costa Bezerra, a campanha Volta às Aulas foi pensada no sentido de  levar informações e noções básicas de trânsito, como por exemplo, como atravessar a faixa de pedestres com segurança, o uso do cinto de segurança e o uso da cadeirinha. 

“Hoje nós sabemos que o índice de acidentes é muito grande, principalmente, envolvendo crianças e adolescentes. E estar levando essas dicas para as crianças nas escolas é muito importante, pois elas absorvem fácil e, ainda, transmitem esse conhecimento para os pais”, explicou a gerente.

Em um primeiro momento foi apresentado aos alunos do maternal ao 4° ano, o teatro de fantoches, com uma linguagem simples direcionada ao público infantil.

“O tema trânsito é abordado de uma forma lúdica, para que as crianças dessa faixa etária tenham interesse e consigam compreender a mensagem”, afirmou a personagem do teatro “Norminha”, interpretada pela Jornalista Flávia Ferreira Gomes.  

O boneco Doninho interagiu com a criançada, chamando a atenção dos pequenos para o tema trânsito.

Em um segundo momento, o Detran Tocantins levou  noções sobre um trânsito seguro aos alunos do 5° ao 9° ano, por meio de uma palestra sobre os dispositivos de segurança, com o uso da bicicleta como meio de transporte até a escola.

Aos adolescentes foram repassadas dicas de como sinalizar com a mão ao fazer uma conversão, não usar fones de ouvido, andar em linha reta, nunca andar na contramão e o cuidado com carros estacionados.

Muitos desses alunos relataram que não sabiam que para andar de bicicleta tinham regras próprias. É o caso do aluno do 7° ano, Pedro Henrique Moreira. Que se mostrou surpreso com as dicas de segurança.

Para o professor de Filosofia da Unidade, Paulo Miranda, a iniciativa é essencial.  “Levar esse tipo de aprendizado desde cedo é muito importante, para que quando essas crianças chegarem à fase adulta, não cometam os mesmos erros que muitos adultos cometem no trânsito”, pontuou o professor.