Geral 28/03/2017 - 13:46 - Umbelina Costa e Fabiana Nogueira/Governo do Tocantins

Quase 120 mil CNHs foram emitidas pelo Detran em 2016; em 2017 já chega a quase 30 mil

Nos três primeiros meses desse ano, o relatório da Banca Examinadora revelou que já foram realizados 11 mil 510 exames práticos de direção veicular . Nos três primeiros meses desse ano, o relatório da Banca Examinadora revelou que já foram realizados 11 mil 510 exames práticos de direção veicular . - Felix Carneiro/Governo do Tocantins

Dados estatísticos do Departamento Estadual de Trânsito do Tocantins (Detran/TO) apontam que o órgão emitiu só em 2016, 118 mil 912 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs), na sede; postos de atendimentos e nas 29 Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans), no interior do Estado. De janeiro a março de 2017, o Detran já emitiu mais de 28 mil unidades do documento.

O que justifica os números é o trabalho constante da Banca Examinadora em todo o Estado, que realizou mais de 56 mil exames práticos de direção veicular, das categorias A, B, C, D e E, em 2016. Destes, 18 mil 280 candidatos foram aptos para a primeira habilitação na categoria A e 3 mil 972, inaptos para a mesma categoria. Já na categoria B, 19 mil 653 candidatos foram aptos e 8 mil 186, inaptos. Na categoria C houve 75 aptos e 1 inapto. Na categoria D, 2 mil 591 aptos e 481 inaptos e na categoria E, 895 candidatos aptos e 143, inaptos.

Nos três primeiros meses desse ano, o relatório da Banca Examinadora revelou que já foram realizados 11 mil 510 exames práticos de direção veicular. Sendo que 3 mil 812 candidatos foram aptos para a retirar a primeira habilitação na categoria A, e 719, inaptos para a mesma categoria. Na categoria B, 4.004 candidatos foram aptos e 1.495, inaptos. Na categoria C, 16 aptos e nenhum inapto. Na categoria D foram 749 candidatos aptos e 128 inaptos, e na categoria E, 225 aptos e 50 inaptos. 

Serviços balcão de CNH

Entre os serviços mais procurados no balcão de atendimento da Carteira Nacional de Habilitação, ano passado, está a renovação de exames médicos e psicotécnicos, com 66 mil 770 solicitações, seguida da CNH definitiva, com 24. 011 pedidos, e a emissão da primeira habilitação, com 22 mil 224 requerimentos. Nesse ano, de janeiro a março, a renovação de exames continua sendo o serviço mais procurado, com 16 mil 339 pedidos. Em segundo lugar, a CNH definitiva, com 5 mil 113 emissões, e 3.966 novos condutores estarão com a primeira habilitação.

Nova CNH

Desde o dia 2 de janeiro de 2017 que a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) está sendo emitida em nova versão. O documento sofreu modificações, com novas cores e dispositivos de segurança, com o intuito de evitar fraudes. As mudanças são válidas para todo o país e atendem a uma determinação do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), através de Resolução publicada em maio de 2016.

Passo a passo

Para obter a primeira habilitação é preciso ter acima de 18 anos, ser penalmente imputável e saber ler e escrever, como rege o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Depois, o candidato à CNH deve abrir um processo junto ao Detran, portando documento de identidade, CPF e comprovante de residência. Para mais informações sobre este processo acesse o site do órgão no endereço eletrônico www.detran.to.gov.br no link Habilitação.

Categorias

Lembrando que a categoria “A” são as motocicletas, ciclomotores, motonetas ou triciclos. A categoria “B” são os automóveis, caminhonetes, camionetas e utilitários. A categoria “C” são aos tratores de roda, esteira, misto ou o equipamento automotor destinado à movimentação de cargas ou execução de trabalho agrícola, de terraplanagem, de construção ou de pavimentação, bem como todos os veículos abrangidos pela categoria B e o caminhão. A categoria “D” é para o transporte de passageiros, como microônibus e ônibus.  A categoria “E” é para veículos com dois reboques acoplados, e a categoria “ACC” é para o condutor de ciclomotores.

 

Compartilhe esta notícia