Geral 19/10/2017 - 09:41 - (Umbelina Costa/Governo do Tocantins)

Detran publica portarias instaurando processos administrativos contra dez empresas credenciadas; as atividades foram suspensas cautelarmente

Detran abre procedimentos administrativos contra dez empresas credenciadas Detran abre procedimentos administrativos contra dez empresas credenciadas - Felix Carneiro/ Governo do Tocantins

O Departamento Estadual de Trânsito do Tocantins (Detran/TO) publicou no Diário Oficial do Estado (DOE) nos dias 11 e 17 de outubro, as Portarias 1473/2017 e 1485/2017, respectivamente. Os documentos instauram Processos Administrativos Disciplinares e Sindicância contra dez empresas credenciadas junto ao órgão.

O objetivo é apurar inconsistências na documentação exigida pela Gerência de Atendimento, Credenciamento e Controle, para o recredenciamento 2017, bem como possíveis irregularidades que surgirem no decorrer das investigações.

Na outra portaria publicada pelo Detran, o órgão suspende cauterlamente as empresas. O prazo legal para a conclusão dos trabalhos é de sessenta dias, podendo ser prorrogável por igual período.

Para o presidente do Detran, coronel Eudilon Donizete Pereira, a lisura em todos os procedimentos do órgão é de extrema importância. "Nossa equipe de credenciamento e recredenciamento de empresas é qualificada para executar todos os trâmites necessários das atividades, e também para detectar quaisquer irregularidades existentes", disse o coronel afirmando que o núcleo de Inteligência e a Corregedoria do Detran também estão apurando todos os processos.

O gerente de Atendimento, Credenciamento e Controle, Eurípedes Braz explicou que os alunos que estão utilizando os serviços das empresas suspensas, podem esperar finalizar os processos administrativos contra as empresas que contrataram para serem ressarcidos, ou procurarem o Detran para serem transferidos pra outros Centros de Formação de Condutores (CFCs), pra dar seguimento ao processo de habilitação.

 

Compartilhe esta notícia